Opinião

Gorbatchov MORREU!!

Morreu um dos meus ídolos políticos internacionais. Foi último Presidente da ex-URSS, o monstro do mundo. Homem que “fez acabar com a raça” do chamado bloco malvado do leste que foi depois relançado com a queda do murro de Berlim. Foi desencadeado um movimento mundial que assolou todos os continentes, sobretudo África onde todos os regimes que aquele bloco implantou foi abalado. 

Regimes desumanos que foram o totalitarismo e o autoritarismo. Exemplo tipico foi fazer surgir a democracia em STP em 1990. Foi mais arrasador e mundial do que a “Primavera Árabe” que começou na Tunísia abalando os regimes cruéis e autoritários dos países árabes. Que Deus dê paz a sua alma e muito obrigado, da minha parte, pelo que fez aos povos oprimidos do mundo. 

Foi Nobel da Paz. 

Com ele surgiu o conceito “globalização” que tem um sentido e impacto fluído sem conteúdo nem grande impacto na vida dos povos. Mas é algo de bom. O tempo poderá lhe dar melhor expressão.

Num dos meus posts já lamentei, quiçá, por inorancia, o facto de não se glorificar o nome desse libertador dos povos oprimidos. 

O mundo ficou democratizado, sobretudo os paises que faziam parte deste bloco do mal que foi o “LESTE”, hoje são  tão democraticos que até estão integrados no centro da democracia no mundo que é a UNIÃO EUROPEIA… Bulgária, Polónia, Estonia, Letónia etc.

MAIS UMA VEZ, PAZ A SUA ALMA, O OBREIRO DA PAZ, DA DEMOCRACIA E DA LIBERDADE.

Hilário Garrido

3 Comments

3 Comments

  1. Pierre Faleiro

    1 de Setembro de 2022 at 14:37

    Você calado seria um Poeta.
    Qual Centro do Mal? Isto é que diziam os ocidentais?Eles criaram sempre dificuldades ao Leste por interesse proprio. Isto são jogos de interesse dos oligopolios.

    Não te metas nisto. Eu o mesmo que fazem com nós os subdesenvolvidos. Não deixar-nos progredir.
    O G7 define as regras do jogo, e os FMI e BM os aplicam. Ai de ti se desafiares. Serás deixado para trás e dirão tudo de pior ao teu respeito. Desde , Não respeitas os direitos humanos, financias o terrorismo etc…

    • Hilario garrido

      9 de Setembro de 2022 at 8:21

      Esses vêm de uma corrente partidária. São os escumalha, gentalhas da politica. Tenho duvida que seja só por inimizade. Conheço muitos,e até “tomamos copos”. Mais não digo sobre essa casta de gente. Se for gente identificar-se. Não consegue. É a forma de vida que têm.

  2. Gentino Plama

    1 de Setembro de 2022 at 18:15

    A morte lenta
    De algém atento a certos fenómenos que de forma consentida ou não, tem acontecido no País, e que, todos temos estado a assistir. Devia ter-se evitado pois, instituição com a responsabilidade na matéria existe, embora, o meio material ou outro, não estar a dispor para que se tomasse qualquer decisão. É certo portanto, que o mal afeta e de que maneira o nosso meio ambiente, e tende a por em causa o bem alimentar. Desde comum que as plantas que produzem fruta a qual alimentamos, com exceção do cacao e o café, que não precisou de fertilizante ou inseticida; a fertilidade do terreno devia a chuva abundante a umidade elevada, e as folhas que caíam purificando o solo. Por outro lado, o cuidado fitossanitário era de alguma maneira salvaguardado pelos servição alfandegário e aeroportuário às principais portas de entrada no País. Tem – se verificado o desaparecimento de Limoeiros, laranjeira e tudo quanto é o Citrino, desaparição presenciada por todos nós. O contrário desta, tem surgido de forma crescente e aceleradas espécies que não se sabe a sua proveniência mas, as ditas espécies poderão ter encontrada um terreno favorável ao seu desenvolvimento, e que domina quase todas as áreas limítrofe da cidade. (Esse é o limão; veio de Gabão) há quem diga que, terá sido os Taiwaneses quem terá introduzido a espécie no País. De igual modo, a bananeira tende a segui a mesma via dos citrinos, pois, o seu espaço está sendo invadido pela designada “Banana de Gabão” com a característica de adaptar a qualquer terreno, e produz-se no período de tempo inferior a nossa.
    Certas plantas partilham o mesmo espaço com outras; elas lança toxina que impedem o desenvolvimento da outra, ou poder- se-a causa-la a morte.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

To Top