Vídeos

Lisboa “Capital Verde” da Europa

O secretário-geral da ONU, António Guterres, participou no último sábado do lançamento de Lisboa, em Portugal, como Capital Verde da Europa em 2020.  Ele foi recebido na cidade pelo presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Medina.

O título, concedido pela Comissão Europeia, tem como objetivo homenagear cidades que lideram o caminho para cidades ambientalmente mais apropriadas.

Lisboa está se preparando para acolher a Conferência dos Oceanos da ONU. Foto: Dia Mundial dos Oceanos da ONU/Renee Capozz

Mudança climática

A cerimônia, em Lisboa, marca ainda o início de uma década de ação climática para atingir as metas estabelecidas pelo Acordo de Paris.

Ainda na capital portuguesa, Guterres discursará na inauguração de uma instalação interativa intitulada “One” no Oceanário de Lisboa. A cidade está se preparando para acolher a Conferência dos Oceanos da ONU.

O presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, e o primeiro-ministro português, António Costa, devem comparecer ao evento assim como o presidente da Câmara de Lisboa, o Comissário Europeu do Ambiente, Oceanos e Pescas e o vice-presidente da Comissão Europeia.

França

Na segunda-feira, o secretário-geral segue para a França, onde falará num evento organizado pelo presidente do país, Emmanuel Macron. A reunião entre líderes europeus e africanos conta com a presença de líderes de Burkina Fasso, Chade, Mali, Mauritânia e Níger, conhecidos como grupo G5 da região do Sahel.

Representantes da União Europeia, do Conselho Europeu, da União Africana e da Organização Internacional da Francofonia estão entre os participantes.

Segundo o porta-voz do secretário-geral, a reunião deve “abordar a crise no Sahel, fortalecendo o engajamento e a colaboração internacional em questões de segurança, humanitárias e de desenvolvimento.”

África

Em nota separada, a ONU informou que a subsecretária-geral para Assuntos Políticos e de Consolidação da Paz, Rosemary DiCarlo, iniciará uma visita oficial à África Ocidental. DiCarlo estará em cinco países africanos incluindo a nação de língua portuguesa, a Guiné-Bissau.

A subsecretária tem chegada prevista para Dacar, capital do Senegal, neste domingo, 12 de janeiro, ela também visitará Níger, Nigéria e Burkina Fasso.

Rosemary DiCarlo manterá reuniões com líderes nacionais e regionais sobre a situação política, humanitária e de segurança na região.

Ela também deverá explorar como as Nações Unidas podem aumentar seu apoio aos esforços para enfrentar os desafios à paz,  à segurança e  à estabilidade, incluindo a luta contra o terrorismo.

Parceria / Téla Nón – Rádio ONU 

    Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo