Cultura

Juiz Hilário Garrido lança livro “Reflexões Jurídicas-Direito e Política” 

O livro com cerca de 350 páginas, vai ser lançado no dia 26 de Junho em Lisboa. Em declarações ao Téla Nón o Juiz Hilário Garrido, garantiu que já está a preparar o lançamento da obra de pendor jurídico na ilha que é o berço das suas reflexões jurídicas, São Tomé.

O primeiro lançamento em Lisboa, mais concretamente na Rua de São Bento 34, instalações da Editora Chiado, será feito pelo Juiz Desembargador do Tribunal de Relação de Lisboa, Dr. Afonso Henrique.

livroSegundo o autor das Reflexões Jurídicas – Direito e Política, os professores doutores Jorge Miranda, Marcelo Rebelo de Sousa, Sérvulo Correia, e Loureiro bastos, seus antigos professores na faculdade de direito de Lisboa, deverão marcar presença no acto de lançamento do livro..

Hilário Garrido diz que a sua obra, é «um instrumento de cultura geral sobre Direito e Politica, acessível a todos quantos têm curiosidade nessa matéria. Não me dirijo aos senhores juristas propriamente ditos que já são conhecedores dessa matéria, salvo os que tenham a curiosidade de saber o que Garrido escreveu, honrando-me deste modo», precisou em declarações ao Téla Nón.

O Juiz Hilário Garrido acrescenta que o livro é um projecto seu que pretende «por o direito na rua» levando informação jurídica aos cidadãos são-tomenses e «extensível a todos os da CPLP, para onde desejo ver publicado esta minha modesta obra», pontuou.

O livro, é composto por vários artigos escritos pelo Juiz de Direito do Tribunal de Instrução Criminal, desde o ano 2011 até meados de 2012.

O prefácio do livro foi escrito pelo Juiz Carlos Semedo, que tece várias considerações sobre a obra, « que não deixará indiferente os cultores e os curiosos do saber jurídico e o panorama nacional e internacional de língua portuguesa sendo como é a primeira obra de cunho jurídico de um santomense», diz o prefácio do livro.

Com o primeiro livro prestes a ser lançado, e o Juiz Hilário Garrido, já tem na forja o segundo volume de Reflexões Jurídicas – Direito e Política. Garantiu ao Téla Nón que o segundo volume já tem mais de 200 páginas. «Estarei nesta senda de informar os meus concidadãos sobre o direito e politica, cientificamente falando», concluiu.

Para contactar o Juiz Hilário Garrido use o seguinte email : hilariosgarrido@gmail.com

Abel Veiga

    4 comentários

4 comentários

  1. Mé Zemé

    9 de Junho de 2014 as 8:05

    Pelos vistos, escrever e ler é fácil, o grande problema que temos é eficácia na aplicação das leis, ser justo e imparcial.
    Isso é que esperamos da classe de juízes. Documentos escritos a falar de direito, já temos muito, embora não estou contra que escrevam, mas o mais importante é aplicar, pois a lei justa no papel é lei morta.

  2. Caué e Peso

    10 de Junho de 2014 as 22:55

    Muitos parabéns. Essa obra vem, de facto, enriquecer a nossa cultura jurídica. Reflexão sobre sistema jurídico santomense é de facto um problema sério. Afirmo isso com maior convicção do mundo pois sou a melhor pessoa para o fazer, uma vez que tenho sintido na pela as dificuldades de encontrar doutrinas santomenses para enriquecer minha dissertação de mestrado, num tema relacionado com direito santomense. Enfim, mas pronto. Parabéns mais uma vez, gostaria de citar esse livro na minha bibliografia mas até a data da publicação já vou entregar a tese.

  3. Estanislau Afonso

    11 de Junho de 2014 as 8:04

    É de louvar a iniciativa. Na verdade, o nosso País precisa de muitas obras escritas. Por isso, gostaria de dar força ao autor do livro.

  4. fernando

    1 de Julho de 2014 as 9:31

    meus parabéns meu irmão muita força e coragem

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo