Cultura

“Constelações do Equador” filme do realizador são-tomense recebeu prémio especial do Júri, no Reino Unido

O filme “Constelações do Equador”, do realizar são-tomense Silas Tiny retracta a ponte aérea entre São Tomé e Biafra, ocorrido nos anos 60 do século passado.

Segundo Silas Tiny, o filme teve estreia mundial no Sheffield Doc Fest, no Reino Unido, «onde felizmente recebemos o Prémio Especial do Júri».

No dia 26 de Outubro, próxima terça feira, o filme “Constelações do Equador”, terá estreia  em Portugal, «durante o DocLisboa onde irá integrar a competição Nacional», declarou Silas Tiny.

Silas Tiny nasceu em São Tomé no ano 1982, tendo emigrado para Portugal com a família quando tinha apenas 5 anos de idade.

O leitor deve consultar o documento à seguir, para conhecer SINOPSE do filme “Constelações do Equador” e também uma pequena biografia do realizador Silas Tiny :

CONSTELAÇÕES DO EQUADOR _ PT _ 2021

Abel Veiga

    3 comentários

3 comentários

  1. Mepoçom

    22 de Outubro de 2021 as 14:49

    O autor está de parabéns. Nessa guerra tinha eu 25 anos. Posso contar muito vagamente a história dos refugiados, e só. Quão são valiosos os arquivos. Sem arquivos não há história. Mas há muitos que destroem prenedutadanente como de camuflar o passado para conseguir os seus objectivos.

  2. ze+Maria+Cardoso

    23 de Outubro de 2021 as 4:52

    Agradecimentos por resgatar a história e a ponte que deveriam orgulhar gentes das ilhas do meio do Equador.

  3. Gerhard Seibert

    25 de Outubro de 2021 as 18:27

    No âmbito da DocLisboa 2021, o documentário de Silas Tiny será exibido também no dia 27, às 10h30, na Culturgest. Vejam no programa do evento em https://doclisboa.org/2021/filmes/constelacoes-do-equador/

    Abraços

    Gerhard

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo