Desporto

Portugal domina, mas STP brilha na Ultramaratona que regressa em 2022

A semelhança de 2020, o país voltou a brilhar na prova internacional de “Ultramaratona- Travessia do Hemisfério”, realizada no pais, na pretérita semana (18-23), com acolocação de três atletas no top 10 da competição, que foi dominada pelo casal português, Samuel Castela eAna Filipa Castela.

A prova que decorreu sobre fortes medidas sanitárias, face ao momento pandêmico, foi disputada em seis (6) dias, contabilizando um total de 200 km, que foram percorridos a correr, por alguns e, a andar por outros, disfrutando dos caminhos rochosos e do calor humano das comunidades por onde passaram, que presentearam com sorrisos e palavras de encorajamentos: “ Viva! Força! Coragem!

São Tomé e Príncipe que acolheu a prova pela segunda vez, participou como convidado, com cinco atletas, três em masculino (Ineias Almeida Dias, Kinderly Batista Sabi, Luizildo Dias Almeida) e dois em feminino (Wilma Guimarães e Claudia Bebeca Guedes), que nunca tinham experimentando esta disciplina, mas conseguiram cumprir os objetivos traçados pela equipa técnica, terminando todos com sorrisos no rosto.

No quadro internacional a luta foi renhida até a última etapa, que terminou no marco do Equador, no extremo sul da ilha de São Tomé, com o português Samuel Castela a terminar na primeira posição, atirando para os últimos lugares do pódio, 2º e 3º, Benjamin Rodgers (Reino Unido) e Guilleume Taufflieb (França).

Em feminino, Ana Filipa Castela, de Portugal,seguiu as pisadas do marido (Samuel Castela) terminado na primeira posição, facto que os tornaram no primeiro casal campeão nas provas organizadas pela Global Limits.

Na segunda e terceira posição, ainda em feminino, ficaram Carolina Silva (Portugal) e Teresa Lam (Hong Kong).

Feitas as contas a comissão organizadora da prova (Global Limits e Mucumbli Explore) considerou de brilhante a entrega, a dedicação e o entusiasmo de cada um dos corredores, que deram vida a esta edição, que teve, ao contrário da primeira edição, a cerimônia de premiação no Resort Praia Inhume, em Porto Alegre.

A competição regressa em fevereiro (17-26) de 2022, anunciou a entidade promotora, que não esqueceu os agradecimentos especiais aos que estiveram envolvidos directa e indirectamente, para o sucesso da corrida, desde o Tiziano Pisoni até o ministro do desporto, Vinício Pina, passando pelos guias turísticos, populares, motoristas, Mucumbli Explore, CST, Água Bom Sucesso e Valúdo.

Martins dos Santos

    Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo