Economia

BAD financia entrada de STP na rede internacional de pagamento automático

Akinwumi Adesina(na foto em baixo), Presidente do Banco Africano de Desenvolvimento(BAD) está pela primeira vez em São Tomé e Príncipe. Uma visita de 3 dias, que segundo o Chefe do BAD, visa reforçar as relações de cooperação entre a instituição financeira pan-africana e o arquipélago são-tomense.

O BAD que financia projectos de desenvolvimento em diversos sectores da actividade económica de São Tomé e Príncipe, com destaque para as infraestruturas, projecta para o próximo triénio aplicar cerca de 20 milhões de dólares em diversos projectos que favorecem o crescimento económico.

Modernização do sistema financeiro são-tomense, através da conexão do arquipélago à rede internacional de sistemas de pagamentos automáticos, é uma das prioridades.

Akinwumi Adesina, Presidente do BAD, fez o lançamento em São Tomé do projecto que vai permitir a utilização de cartões Visa e Master Card no país.

O projecto vai ser executado durante 4 anos. Mas já no segundo ano, o país deverá estar conectado à rede internacional de pagamentos automáticos.

Instalação e certificação da plataforma de pagamentos à rede internacional são uma das tarefas em curso, com vista à evolução do sistema financeiro são-tomense, para patamares internacionais.

O Presidente do BAD, reuniu-se também com as autoridades governamentais são-tomenses.

Téla Nón

    3 comentários

3 comentários

  1. Metido a Besta

    5 de Junho de 2018 as 11:42

    Finalmente, ate porque deselvolvimeto esta ligado ao sistema financeiro extendendo à rede internacional de sistemas de pagamentos automáticos, Alias Nacional e Internacional.

    Ha varios mecanismo ao servicos de desenvolvimento de um pais que Africa teme em nao emplementar e nao se percebe o por que.

    Mantem a obscuridade como a forma de reinar e prepertuar no poder.

    Mantendo a ignorancia como a garantia de manter no poder.

    Manter a probreza como a forma de subjogacao a um povo

    Aos poucos Africa vai acordando e havera de levantar contra os mau augures.

  2. jójó

    6 de Junho de 2018 as 7:25

    Fiquem descansados!!

    Este é empréstimos para os Santomenses pagarem.

    O SR. Primeiro Ministro quando perder as eleições vai-se embora.

    Do seu bolso não sairá um só tostão, porque não ficará cá para pagar os impostos

    Nada de publicidfade Senhor Patrice Trovoada.

    Dinheiro é para os Santomenses e a dívida também será dos Santomsnes..

    Chau. Fui..

  3. Manuel Queirós dos Anjos

    6 de Junho de 2018 as 12:47

    Caro Jójó, não é assim muitos milhões. Dos 21 milhões anunciados para os proximos 3/4 anos do Programa do BAD em STP, só uns 10 milhões é dinheiro novo, o resto são dos projectos que estão a ser implementados, como o PRIASA

Deixe um comentário

Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo