Economia

BM fornece 10 milhões de dólares para STP dar resposta à Covid-19

A notícia de apoio financeiro do Banco Mundial a favor de São Tomé e Príncipe no valor de 10 milhões de dólares, foi divulgada a patir da sede da instituição financeira internacional, em Washington, Estados Unidos de América.

O Comunicado que chegou a redacção do Téla Nón, explica que o fundo de 10 milhões de dólares vai ser aplicado na elevação das capacidades de São Tomé e Príncipe em relação aos impactos da Covid-19.

WASHINGTON, 18 de Dezembro 18, 2020—A Conselho de Administração do Banco Mundial aprovou hoje uma Operação de Política de Desenvolvimento (DPO) de 10 milhões de dólares para São Tomé e Príncipe (STP) para apoiar a resposta do governo ao impacto humano e econômico da pandemia COVID-19, bem como reformas sectoriais e em toda a economia para uma recuperação mais forte e resiliente.

Este DPO apoia diretamente a resposta do governo à crise do COVID-19, ajudando-o  a mitigar o impacto da crise causado pela pandemia nas vidas e meios de subsistência e fortalecendo a capacidade institucional em capital humano, melhorando o aprendizado das meninas e expandir a cobertura do programa de transferência monetária em curso.

O projeto também apoia os esforços do governo para mitigar o impacto da crise do COVID-19 nas empresas e no emprego e estabelecer as bases institucionais para um crescimento econômico mais elevado e sustentável. Isso inclui o fortalecimento do ambiente institucional e regulatório nos setores da energia e água e o fortalecimento da transparência da dívida e das receitas fiscais internas.

“Este DPO é uma reafirmação do compromisso do Banco Mundial em apoiar São Tomé e Príncipe para superar os constrangimentos impostos pela Covid-19. A operação se concentra nas principais reformas estruturais que são críticas para se alcançar um crescimento sustentado e inclusivo, investimento eficiente em capital humano, criação de empregos e redução da pobreza, ”Disse Jean-Christophe Carret, Director do Banco Mundial para STP. 

A pandemia COVID-19 afetou severamente a economia de STP, principalmente em perdas na indústria do turismo e tendo também afetado os serviços fornecidos à população. Apesar de se ter tomado medidas atempadas para se evitar o alastramento de casos de covid-19 nas ilhas, STP sofreu um surto significativo, que teve grande impacto no país. Como resultado, a economia de STP deverá sofrer uma retração profunda em 2020, com uma contração do PIB de 6,5 por cento este ano.

Resposta COVID-19 do Grupo Banco Mundial

O Grupo Banco Mundial, uma das maiores fontes de financiamento e conhecimentos para os países em desenvolvimento, está a implementar uma acção ampla e rápida para ajudar os países em desenvolvimento a reforçarem as suas respostas à pandemia. Estamos a apoiar intervenções de saúde pública, e a trabalhar para garantir o fluxo de abastecimentos e equipamentos críticos e a ajudar o sector privado a continuar a funcionar e a manter os empregos.

O BM está a disponibilizar um montante de até USD 160 000 milhões em apoios financeiros durante 15 meses para ajudar mais de 100 países a proteger os pobres e vulneráveis, apoiar as empresas e fomentar a recuperação económica. Esta quantia inclui USD 50 000 milhões de novos recursos da IDA sob a forma de subvenções e empréstimos em termos altamente concessionais e USD 12 milhões para países de desenvolvimento para financiar a compra e distribuição de vacinas da Covid-19.

Fonte – Banco Mundial 

    6 comentários

6 comentários

  1. Octavio

    22 de Dezembro de 2020 as 0:36

    10 milhoes de dólares da quantos jipes ?

  2. antónio abreu

    22 de Dezembro de 2020 as 10:03

    Enquanto o COVID 19 tem sido uma desgraça para vários países o mesmo transformou-se na galinha de ovos de ouro para o Governo santomense. Este Governo nunca pensou nem sonhou conseguir obter tantos financiamentos como tem vindo a ter agora. São milhões e milhões de dólares para os políticos esbanjarem, quando a saúde está moribunda, não se faz nada de jeito, o hospital está uma lástima, raios x não funcionam, medicamentos não existem etc. etc.
    Com esta verba, seria uma grande oportunidade para se mudar o visual do Hospital Central. Mas nada, nada de concreto se tem feito. Vejo é malabarismo na divisão de bolos, com concursos fantoches que são lançados no Ministério de Saúde, onde os avaliadores de candidaturas são também concorrentes etc. etc.
    Assim vai indo o nosso STP com este Governinho no poder

  3. Sem assunto

    22 de Dezembro de 2020 as 10:49

    10 milhões para o quê?
    Para comprarem jeeps e irem casar em Portugal, ou para arranjarem tachos para os amigos escreverem o que não sabem aonde cada página custará 10 mil euros?
    Eu pessoalmente vou me empenhar para vocês serem humilhados na urna, e claro desaparecimento definitivo deste manto de retalho que é o PCD!
    Estão avisados.

  4. Victorino Andre

    22 de Dezembro de 2020 as 11:04

    Aproveita esse dinheiro e refaz um Hospital (de Agustinho Neto )
    Indeminiza os habitantes e começa esta obra o terreiro ja esta é só obras
    Este tem valor reparou a cidade mas precisa fazer mais eu acredito neste governo
    O anterior também trabalhou mas desgraçou a economia do país

  5. matabala

    22 de Dezembro de 2020 as 11:22

    mais um empréstimo!!Covid serve para engordar politico, coisas concretas não vemos nada! hospital na mesma miséria sem medicamentos quanto mais vir vacinas! Gostaria que fosse feita uma auditoria séria e isenta a todos milhões vindos para STP este ano de 2020 que foi bem fértil em dinheiro a cair neste pais: o que é donativo e o que é empréstimo? Favor esclarecer se não tem rabo na estrada. Depois, se valor é de empréstimo, quais são as condiçoes de pagamento que combinaram? Quantos anos para pagar divida? Qual a taxa de juro desse acordo? Que mais valias trazem no futuro para os que vão pagar a factura (nossos filhos e netos)? Sejam sérios ao menos uma vez, façam a diferença como prometeram senão o próximo vai atrás de voçes com contas por esclarecer!!! Os arrestos de bens voçês começaram a dar exemplo, depois não vem queixar com outros que tomem vosso lugar em 2022 venham fazer mesmo!!!…já avisei BM e FMI NÃO DÃO NADA A NINGUÉM!!!Não enganem pessoas! Povo tem direito de saber todos os pormenores desses dinheiros sejam transparentes divulgando oficialmente e com acesso publico para todos verem: quanto dinheiro entrou de empréstimo/donativo, quais as condições de pagamento, o que vão fazer com ele!!Exigimos isso e não vem dizer que antes ninguém falava e agora todos sabem falar e criticar…chega de fazer outros de parvo!Votaram em vós para acabar com esse ciclo e não para darem continuidade a ele!

  6. Vanplega

    22 de Dezembro de 2020 as 17:35

    Mais um grana pra nós.

    Em nome de Covid-19, comemos, enchemos is bolsos, compramos casas e apartamentos em PORTUGAL e o povo, hospital, que LASCA TODOS

    MAIS TODOS

Deixe um comentário

Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo