Política

 Moisés Viegas  – “ agora é a nossa vez “

Na última quinta feira 27 de Abril, a democracia de São Tomé e Príncipe recebeu mais uma injecção de sangue jovem. “Agora é a Nossa Vez”, é o slogan do lançamento da candidatura de Moisés Viegas, às eleições presidenciais de 18 de Julho próximo.

Com 42 anos de idade, Moisés Viegas encheu o cinema Marcelo da Veiga, para anunciar a São Tomé e Príncipe que “agora é a nossa vez”.

«Nessas eleições meus amigos, vamos dizer a todo São Tomé e Príncipe que o filho de um motoqueiro, de uma palaiê(vendedora de Peixe, frutaas, etc), um filho de um mecânico, o filho de um vianteiro também pode ser Presidente da República», afirmou o jovem que almeja presidir os destinos do país.

Activista social com mais de 10 anos de intervenção junto as comunidades mais vulneráveis, Moisés Viegas, figura independente, é líder de organizações não governamentais que apoiam também causas juvenis e da infância.

Mudança da mentalidade dos jovens santomenses para cidadania, é uma das tarefas desenvolvidas ao longo dos anos pelo actual pré-candidato às eleições presidenciais.

Natural de Cassuma-Trindade, Moisés Viegas, sente que já conquistou o país inteiro. No cinema Marcelo da Veiga, estavam são-tomenses de todos os distritos. O jovem diz que pretende liderar uma família santomense que tem sonhos.

Os sectores de segurança e defesa, política externa, justiça e assuntos sociais, são prioridades no projecto de sociedade de Moisés Viegas.

Reconheceu que a caminhada é difícil, mas garantiu que «pela graça de Deus vamos lutar até a vitória».

Abel Veiga

 

    5 comentários

5 comentários

  1. Gentino Plama

    3 de Maio de 2021 as 10:13

    Não sinto-me capacitado para tão elevado posto, pois disse-me o velho professor que não entendo de nada. Fui submetido ao teste psicotécnico, e chumbei logo a partida. Quero saber porquê? Este pediu-me que escrevesse a palavra que se segue: GALINHA
    Ponto 1- divida-a em sílabas;
    Ponto 2- faça a sua leitura;
    Ponto 3- Lê a palavra soletrando; esta foi o algar.
    Porém, entendo que há que se alterar a constituição para que peixinhos não entram no Quissacli, se não, o camarão.

  2. Sem assunto

    3 de Maio de 2021 as 10:23

    Havia lido algures que o indivíduo em causa tem 40 anos ,fui abordado disfarçadamente por alguém que, certamente, tentou colher a minha sensibilidade para um eventual apoio a candidatura do mesmo, e a pessoa me disse que ele tem 39 anos, e agora acabo de ler no téla nóm que o mesmo tem 42 anos, é de loucos, só pode ser.
    Moisés confesso ter contado com a candidatura de todos menos a tua. Não é por seres maior ou menor cidadãos, porém pela natureza do trabalho que desenvolvidas deverias saber de antemão de quem eras vistos como uma ave rara que no meio destes abutres, que são os nossos políticos, vincavas uma postura de alguém que por repulsa a toda aquela podridão alinho se ao povo para juntos trilharem o caminho da liberdade no pensamento e ação.
    Porém o tempo nos mostrou que não, vestias o capote de libertador e guia, mas na verdade no campo de ambição és igual aos abutres dos nossos políticos que pensam A, dizem B e fazem C, na verdade estavas a medir as fraquezas e a aceitação dos mesmos, na tua ambição, temos pena.
    Boa sorte nesta aventura, perdeste um observador atento ao teu trabalho.

  3. JACA DOXI

    3 de Maio de 2021 as 11:35

    Força meu caro.
    Tudo é possível!

  4. SANTOMÉ CU PLIXIMPE

    3 de Maio de 2021 as 14:21

    A vida é uma escola e o caminho é longo…Há uma cadeira na Universidade da vida chamada, “experiência”…Ela n~
    ao de outra forma, apenas com o tempo.

  5. El Santo..

    3 de Maio de 2021 as 14:44

    Desejo ti boa sorte nesta caminhada..

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo