Política

Trabalhadores da ENAPORT endurecem a luta depois do comunicado do governo

O Governo Santomense, na reacção à ameaça de greve dos trabalhadores do porto de S.Tomé, garantiu que o porto permanecerá na esfera jurídica do Estado, com assistência de peritos internacionais, negando a privatização ou concessão à francesa África Global Logistic contestada pelos trabalhadores.

«A empresa concessionária, ou seja, que o governo contactou para poder concessionar a parte das operações da ENAPORT, está explícito no contrato, quem não viu posso facilitar uma cópia, trará o seu director geral, director financeiro, director técnico e mais dois elementos para área de operações. O que é que isso significa, é uma concessão geral da ENAPORT ou, é só uma assessoria a área técnica? Essa pergunta fica no ar para que o senhor ministro possa responder» – questionou,HelmerCarvalho presidente do sindicato dos trabalhadores da ENAPORT.

O sindicato dos trabalhadores da ENAPORT, a empresa nacional de administração de portos ignora, por isso, o comunicado do governo e dá 7 dias ao executivo para esclarecer presencialmente a situação.

«Nós temos 7 dias úteis para a resposta do governo, caso não, partimos para a greve por tempo indeterminado». 

O pré-aviso de greve segundo o líder sindical já foi remetido ao governo.

José Bouças

4 Comments

4 Comments

  1. alberto costa

    30 de Dezembro de 2023 at 7:53

    Força companheiros.
    Podem contar com a solidariedade de grande parte do nosso partido ADI.
    Esses que nós pusemos no poder é uma vergonha total para todos nós que votamos.
    Afinal de contas valia deixar a governação de Jorge Bom Jesus como estava.
    Corrupção está demais e demais mesmo.
    Até quem gente não esperava está metido em toda esta corrupção com os franceses.
    Vamos parar esta mer** toda dentro de 7 dias.Por isso que Varela estava todos os dias aqui a meter cara como funcionário.
    Abaixo ADI abaixo 1o.Presidente Patrice Trovoada abaixo 2o.Presidente Vila Nova abaixo todos nossos companheiros que estão envolvidos nessa corrupção abaixo ministro Adelino Cardoso.
    Estamos arrependidos.Melhor se fosse Safebond mesmo.

  2. Original

    31 de Dezembro de 2023 at 8:19

    É agora ou nunca.

  3. Hermes Carvalho

    31 de Dezembro de 2023 at 8:51

    Pois é, antes melhor tivessem deixado a empresa Safebond que tinha dado satisfação e esclarecimento da concessão do Porto e melhor projecto para o país do que essa miséria e fiasco que o governo de Patrice Trovoada veio fazer comprometendo o país, a empresa Enaport e os seus trabalhadores. Não foi por isso que nós votamos para ADI. Eu particularmente sinto arrependido de ter lutado e votado para ADI. Nunca mais… Os dirigentes do meu partido ADI, Afonso Varela, Patrice Trovoada e o ministro Adelino Cardoso são desgraçados e vergonha desse país.

  4. Joao Batepa

    31 de Dezembro de 2023 at 9:17

    Meu conselho é que emigrem todos para Portugal

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

To Top