Política

Gorgulho foi amado pelo povo – “Mentiras e Intrigas” foram as causas do massacre de 1953

A convicção de que o massacre ocorrido no país em Fevereiro de 1953, foi provocado por mentiras e intrigas, é do Presidente da República Carlos Vila Nova.

No acto central da celebração do dia dos mártires da liberdade, 3 de Fevereiro, o Chefe de Estado chamou a atenção para o estrago que a mentira e a intriga podem causar numa sociedade.

«Gostaria de apelar a todos de que tudo que começa com intrigas e mentiras acaba mal. O 3 de Fevereiro desencadeou-se um bocado extemporaneamente por causa de intrigas e mentiras», declarou o Chefe de Estado.

Carlos Vila Nova deixou claro que os registos históricos provam esta versão. Pois o então governador Carlos Gorgulho, era amado pelo povo.

«Porque o objectivo do governador de então não era este. Tanto é que ele foi reconduzido para mais um mandato, através de um abaixo-assinado de mais de 2 mil naturais de São Tomé. Quer dizer que o seu percurso não foi exactamente este, mas terminou tristemente», relatou o Presidente da República.

Na perspectiva de Carlos Vila Nova o o seu homónimo, antigo Governador Colonial teria rebelado contra as intrigas e mentiras.

«A própria PIDE curiosamente no seu relatório após os primeiros dias do massacre concluiu que não havia nem sublevação organizada, nem criação de nenhum grupo comunista, e que não havia nenhuma motivação política nisto. Portanto pura e simplesmente foram mentiras e intrigas, que motivaram o governador na sua procura de mão-de-obra, a recorre a rusgas e através das rusgas começou então o derramamento de sangue», pontuou Carlos Vila Nova.

As revelações do Presidente da República na celebração dos 71 anos sobre o massacre de 1953 trazem a ribalta os factos históricos relacionados com alguns cidadãos nativos que teriam garantido ao governador Carlos Gorgulho todo apoio na sensibilização dos compatriotas (forros) para trabalhar nas plantações de cacau e café e nas obras públicas.

Segundo os relatos históricos em troca de benesses financeiras, os tais cidadãos nativos, posicionavam-se na sociedade como “Moladô” termo que designava gentes de classe média, mais ou menos abastada, mas no entanto a custa do dinheiro (hoje designado Banho ou Tacho) concedido pelo Governador.

Várias publicações que relatam os acontecimentos de Fevereiro de 1953 indicam que os tais cidadãos foram os primeiros a serem eliminados quando o poder colonial começou a exigir o cumprimento do compromisso assumido.

Estima-se que centenas de filhos da terra inocentes foram vítimas mortais do massacre de 1953.

Abel Veiga

6 Comments

6 Comments

  1. Sem assunto

    6 de Fevereiro de 2024 at 6:51

    Olha isto! Com que então o Engenheiro Carlos Vila Nova também agora apresenta se como historiador?
    Senhor Presidente da República tome mais atenção com o que lhe é dado para ler, poderá estar a expor se ao ridículo. Queres limpar a imagem do Gorgulho?
    Cada macaco no seu galho, homem, está matéria deve ser exclusiva dos estudiosos da história, ciências políticas, etc e não de si, evite passar vergonha e cair no descrédito.
    Vai uma dica que lhe pode ajudar: história não é como se vê. Os relatórios da PIDE e de outra qualquer organização é passível de erro e manipulação.
    Evite distrair o povo recontando histórias o seu papel não é este, tens muito que fazer e dizer, e finges não ver e saber.
    No que diz respeito ao Gorgulho fato de que o mesmo foi amado pelo povo, porém isto não o impediu de orquestrar um massacre contra eles, desta feita surge um paralogismo: O pigmeu Patrice Trovoada de igual modo é amado pelo povo, ainda assim é mandante de tortura e morte de quatro cidadãos no fatídico dia 25 de Novembro de 2022.
    Estaremos diante de Gorgulho II?

    • Margarida Lopes

      7 de Fevereiro de 2024 at 9:18

      Sem assunto, concordo absolutamente em tudo que disse, incluse do relatório da PIDE que certamente privilegia o papel do GORGULHO,homem RUIM, FASCISTA, MAQUIAVÉLICO, CRIMINOSO,AUTORITÁRIO…um COLONIALISTA autêntico no seu papel ao serviço do regime do ESTADO NOVO, cujo líder era o ANTÓNIO SALAZAR.
      Confirmo que o CARLOS VILA NOVA é perito no “deixo-me ir e sigo…”etc,pois que ele é um ser SEM CARÁTER, sem PERSONALIDADE,completamente MOLASSO que é manipulado pra tudo e por todos. Este individuo é a MAIOR VERGONHA de STP como personalidade política…é DRAMÁTICO.
      Quanto ao seu parceiro, Patrice TROVOADA,é exatamente o perfil correspondente ao que descrevi acima sobre o COLONIALISTA português, mas com um agravante é que este individuo do Patrice Trovoada é um cobarde sem c***ões, que foge com as calças nas mãos quando está desprovido da proteção/segurança que o seu estado de 1° ministro lhe oferece…ele organise massacres, assassinatos, tráficos e toda a série de MÁFIA,e dá o fora borrando-se todo quando se sente que a sua hora está próxima. Mas ele não vai se escapar eternamente, vai ter que responder e assumir os seus ATOS assim como os seus comparsas, especialmente o mais próximo dele atualmente, outro vagabundo desgraçado AFONSO VARELA. Estes marmanjos têm que ser extraídos imperativamente junto da justiça para serem julgados e condenados SEVERAMENTE como eles merecem.
      O povo são-tomense era ,outrora no tempo do GORGULHO,mais corajoso,mais determinado e ousado, do que é hoje…deviam já ter saído á RUA e correr com esta FAMÍLIA TROVOADA & CO. É importante sublinhar que os desgraçados da República chegaram onde estão graças ao apoio dos outros corruptos que fizeram(para alguns)parte da banda e há ainda (para outros) quem faça parte, também estes oportunistas devem serem julgados e condenados por serem responsáveis desta situação política e porque estão sujos no mesmo lençol quanto a VIOLENTAÇÃO das LEIS…e muitos deles são de formação jurídica.
      O senhor Carlos Vila Nova tem muitos ASSUNTOS e CASOS pendentes e URGENTÍSSIMOS em STP que até a date ele e o seu governo TOTALITÁRIO AUTORITÁRIO DITADOR ainda não debruçou nos ditos dossiês para, pelo menos ,tentar encontrar uma SOLUÇÃO, como foi o bárbaro massacre atroz e violento no quartel do MÔRO que ocorreu em 25 de novembro de 2022, onde torturaram violentamente até a morte alguns cidadãos são-tomenses…entretanto,antes deste massacre já tinha havido outros horrorosos ASSASSINATOS crueis cujo um bom amigo foi víctima, trata-se do mestiço economista são-tomense JORGE PEREIRA DOS SANTOS “BARBOY”( 03/06/2018),que foi agredido na sua própria casa. Houve o assassinato do jovem de RIBOQUE que foi uma cena bizarra, á volta de um cerimonial funesto-macabro tendo organizado uma cerimônia noturna no cemitério.
      E são estes mesmos individuos que viajam sem cessar, usando e abusando do pouco que pertence ao país e ao povo,são estes mesmos que impedem o povo de viver em paz e livre, impondo a este mesmo povo de viver na miséria, na decadência sem electricidade, sem saúde, sem educação , são estes malditos que publicam fotos com os dentes de fora ao lado do Papa Francisco ao lado de “camonas ” que nem são-tomenses e que vivem no luxo ás CUSTAS de STP, com todas as regalias que nunca conheceram no kimbo delas estas MATUMBAS selvagens.
      POVO, até quando é que vocês vão ficar nesta inercia ? Ninguém poderá achar a SOLUÇÃO sobre este problema nacional para além dos patriotas são-tomenses, ninguém fará a luta no vosso lugar.
      Saiam á RUA para contestar, para BATER este governo AUTORITÁRIO-TOTALITÁRIO instalado pelo Patrice TROVOADA e comparsas ARMINDO,Afonso Varela,Jorge Amado, Carlos Vila Nova…é URGENTE que este regime seja DERRUBADO.

  2. santomé cu plinxipe

    6 de Fevereiro de 2024 at 7:20

    Eu gostei Sr Presidente, não sou Seu amigo, mas a verdade é para se dizer,, isso mesmo ganhe coragem e fala das verdades, o povo não merece continuar nas mentiras e como o Sr mesmo disse, “ACABA MAL”

  3. duduneto

    6 de Fevereiro de 2024 at 8:13

    Bom dia Senhor Presidente
    Finalmente o senhor acaba de acordar os santomenses, não sou de sua cor partidária, nem quero com isso fazer a politica, mas o que senhor diz, é pura verdade, os ditos Moladô tinham vida mulata, fingiam ser patriotas.
    Dizer a verdade, os ditos forros que se achavam superiores nada dizem sobre isso, muitos que vivem em casa tomadas deixadas pelos colonos hoje, se acham de muita gente, e quando veem filhos de pobres a erguerem, sentem-se mal. Todos nós queremos trabalho de mão limpa, encostam em alguém aqui e no partido acola para tirarem proveitos, vendendo outros a qualquer custo, resultado somos frutos de gente trapaceiras e preguiçosas.
    obrigado

  4. Moladô Vila Nova

    6 de Fevereiro de 2024 at 8:35

    Corrupção e jogo sujo.
    O presidente da República, presidente com letra minúscula porque Patrice, primeiro ministro, com letra minúscula também, é quem manda no presidente Carlos Vila Nova. Esse Vila Nova malandro fascista ficou bem abastado (rico) com a questão do negócio escuro, de venda do terreno de Lagoa Azul. Bandos de Corruptos.
    Quem ficou a perder, são aqueles que aventuraram no quartel no dia 25 de Novembro. O povo sofre, família dos mortos é que sofrem.
    Meu senhor, deixa de mandar bocas, e tenha juízo, por favor. Dê bons exemplos à população. Deixa de dizer coisas com discurso de cariz intriguista.
    Vocês, os destruidores de São Tomé e Príncipe é que são aqueles que estão a procura de massacre.
    Deixa de cometer crimes e corrupção. Os roubos, anarquia e desordens estão causando problemas em São Tomé e Príncipe. Quem serão culpados são vocês, os corruptos da grota.

  5. EX

    6 de Fevereiro de 2024 at 11:29

    Ohh uma farpa, aos aliados, e na cara dura como quem n\ao quis nada Chamou o PT de Gorgulho e os aliados de molado.

    Juro que essa vai doer, O PR agora a falar entre linha e mandar recados. E esta avisando que a coisa vai acabar mal.

    Povo seja e fique atento.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

To Top