Eleições presidenciais

Acórdão número 10 do Tribunal Constitucional pôs fim ao impasse eleitoral

«O Tribunal Constitucional decide-se em não reconhecer dos pedidos para a recontagem total dos votos e para nulidade do acto eleitoral do dia 18 de julho de 2021». Esta é uma das principais decisões que se lê no acórdão número 10/2021 do Tribunal Constitucional.

O acórdão tornado público na tarde de segunda feira, diz ainda no capítulo das decisões que fica sem efeito os dois acórdãos numerados com o número 9/2021. São os dois acórdãos com número 9, que tinham despoletado a crise no Tribunal Constitucional.

O leitor tem acesso na íntegra ao conteúdo do acórdão, que pôs fim ao impasse eleitoral que se instalou no país após a divulgação dos resultados provisórios das eleições presidenciais de 18 de julho :

ACÓRDÃO 10-2021

Abel Veiga

 

    13 comentários

13 comentários

  1. Ana

    2 de Agosto de 2021 as 22:20

    Obrigado senhores juízes pela coragem. Obrigado Dr Jorge bom jesus.

  2. Andorinha

    2 de Agosto de 2021 as 23:01

    Os bandidos através de um tribunal constitucional com 2 juízes corruptos queriam fazer batota violando a lei para ganharem as eleições na secretária mas o povo não permitiu o ADI não permitiu, o Patrice Trovoada la de longe em Portugal não deu tréguas combateu os bandidos com eficácia.
    E ficou bem claro que roubo não compensa ficou claro que o povo ja não quer o Jorge bom Jesus e a sua corja e os partidos que os partidos da nova maioria.

  3. Fuba cu bixo

    2 de Agosto de 2021 as 23:19

    Acórdão nomero 10 do tribunal constitucional pos fim a tentativa de batoteiros de fazerem garota.
    Agora estamos a espera da segunda volta para pisarmos o nhóno com sapato de Boika.

  4. Sem+assunto

    3 de Agosto de 2021 as 6:14

    Óptimo. O passo a seguir, defendo eu, deverá passar pela expulsão dos juízes afiliados ao Delfim Neves.
    Não se pode sustentar, e bem, com erário público figuras poucas compremetidas com a nação.
    Ou fazemos isto, ou deixamos bem claro de que este país não passa de uma peça muito mal ensaiada.

  5. Cara de lupuie

    3 de Agosto de 2021 as 7:19

    Se esse acórdão é número 10 quer dizer que sendo 5 juízes cada juiz durante esses 8 meses apenas fizeram 2 acórdãos. Realmente esses juízes não trabalham, ainda por cima inventam confusão no país com todas as regalias que têm.
    O povo desse país até é bom demais.

  6. mezedo

    3 de Agosto de 2021 as 8:45

    Nessa altura todos falam mal porque o Acórdão sai a favor, dão graça a nova lei eleitoral que protegeu a bandidagem realizada neste ato eleitoral. Até caramujo vem a rua dizer que Patrice Trovoada resolveu problema ate Buzio vem dizer que povo não quer Jorge Bom Jesus, porque o Diabo esta pronto pra vir desgovernar São Tomé semeando terror e caus em São Tomé. Mas Deus é Grande ainda vamos a 2 Volta.

    Só pra lembrar que a lei defendeu, porque muitos estavam com medo da recontagem já sabiam o que vinha a dar caso houvesse a recontagem, cadeia enchia.

    Mas estamos atentos.

    Viva democracia
    Viva STP

    Abaixo fugitivo que só passa vida mandando boca na net.

    • Guiducha

      3 de Agosto de 2021 as 21:02

      Patrice TROVOADA tem que regressar para STP.Queremos o PT de volta para lhe falarmos ” tête à tête “.

  7. Mepoçon

    3 de Agosto de 2021 as 10:21

    O meu muito obrigado aos três juízes que sempre mostraram o seu profissionalismo no cumprimento das leis, e não colaboraram nessa cabala maquiavélica. “o juiz julga segundo a lei e a sua consciência”. Queriam fazer o mesmo que fizeram na legislativa de 2018, mas desta vez é o povo quem mais ordena e não permitiu.

  8. Vigilante+da+Grota

    3 de Agosto de 2021 as 10:52

    Kubanakam……
    Ora viva! E esta agora heim ????
    Agora, é tocar o barco para frente e pedir aos detractores deste pequeno país para pararem por ai. Qualquer nação tem seus problemas e coisas como estas que observamos acontecem mesmo nas democracias avançadas, mas nem por isso seus filhos a maltratam tanto (maltratar a Nação e seus dirigentes). É necessário resgatar os valores de respeito, da ética, de cidadania e de boa conduta. Os santomenses, muitos deles cibernautas, em nada contribuyem para o bom nome do país, senão ajiudar a afunda-lo ainda mais. Ainda que tenhamos ferida nos dedos, jamais permitiremos que cortem o dedo. A prioridade é tratar da ferida e cura-la/sarrar.
    Tendo fectado este polemico capitulo do processo eleitoral, urge continuar a tocar o barco para frente para a eleição do Futuro Presidente da República. Seja ele Carlos Vila Nova ou uilherme Posser, o que interessa é que temos a oportunidade agora de voltar a dizer ao mundo que somos capazes!.

  9. herculano+dias+teixeira

    3 de Agosto de 2021 as 12:05

    Temos um acórdão que põe fim a crise, uma crise desnecessária que serviu apenas para manchar a nossa democracia. Concentremo-nos no que aí vem, a segunda volta. Os dois candidatos desta 2a volta devem acima de tudo mostrar muita decência e respeito para com este povo e a nação fazendo uma campanha com nível, elevação e respeito mútuo, o que penso que está ao alcance dos dois. Apesar de estamos na 2a volta dumas Eleições Presidenciais (e não Legislativas), os partidos políticos (que são muitos) jogarão certamente as suas cartadas e acima de tudo defendendo os seus interesses. Lamentável foi ver e ouvir as diferentes e infelizes intervenções do Patrice Trovoada ora dizendo que o VN era e depois não era o candidato do ADI, era apenas apoiado pelo ADI, dando sinal claro que não acreditava nessa candidatura e se as coisas corressem mal, ele PT seria o 1o a saltar do barco. A mim e a muitos esse comportamento não nos surpreendeu pois essa cobardia por excelência está enraizado na pessoa e só demonstra que PT de CHEFE tem muito mas de LÍDER tem ZERO. Deus abençoe São Tomé e Príncipe.

  10. Inconformado

    3 de Agosto de 2021 as 14:53

    ADI aquando da eleições legislativas não exigiu a recontagem dos votos?! Porque é que agora estão com medo?! E por sinal os juízes que votaram contra a contagem não parece serem simpatizantes do ADI. Não é o governo nem o posser que contestaram o resultado mas sim Delfim Neves, e na minha opinião ele tinha razão, todavia o Tribunal não pode lavrar um acordeão contra a lei. A disputa não era contra Vila Nova, mas sim entre o segundo e terceiro candidato mais votado , mas ADI e o seu proprietário privado meteram-se no barulho para confundir a opinião pública com objectivo claro de criar crise num momento tão crucial por conta da epidemia que assola todo o mundo, principalmente para os paises mais pobres, em que S. Tomé e Príncipe esta incluído.

  11. Manuel Alexandrino

    4 de Agosto de 2021 as 8:14

    O meu amigo Delfim que eu apoiei fez-nos acreditar que era um Obama e que queria unir os santomenses. Afinal em vez de aprender com o Obama, ele copiou o pior que é o Trump. Ele quero fazer acreditar as pessoas que as eleições foram uma fraude, esquecendo-se que todos nós que lhe apoiamos, conhecíamos a estratégia que ele já tinha preparado na Assembleia, com a nova lei eleitoral, a estratégia preparada no Tribunal constitucional com o seu subordinado Presidente Pascoal Daio, Nas reuniões que tivemos no seu Hotel em Dolores na madrugada, com a dupla Garrido/Daio, onde eu pensava que tudo estava bem cozinhado para o nosso jantar do dia 18.
    Mas ele só convidou alguns poucos para este jantar, e esqueceu-se do povo, onde demos apenas umas migalhinhas de esparguete e arroz com 200 dobras dentro, enquanto no nosso jantar saímos com o estomago cheiinho e bolsinho entulhados. Recordas do dia, meus amigos Daio e Garrido. que bom estava aquele champanhe.
    Mas este povo ingrato nos abandonou. Não nos permitiu fazer a nossa digestão nem saborear a nossa sobremesa que estava preparada para o dia 20. Estou ainda com a água na boca.
    Mas meu caro. Não se preocupe. Daqui a cinco anos estaremos de novo lá e você nesta altura estará mais maduro. Quem sabe lá se eu também não serei um dos candidatos.
    Viva S.Tomé e Príncipe
    O Banho já não está a servir
    Viva a Democracia

  12. Miguel+Cassandra+Trovoada

    4 de Agosto de 2021 as 8:36

    Estes são os procedimentos corretos e o resultado justo.
    Aliás já o tinha previsto nas minhas intervenções anteriores.
    Haja Ré Pública e que seja respeitada a voz do povo e não as pequenas intrigas e interesses pessoas ou grupal.
    Um bem-hajam

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo