Sem categoria

“Sustentabilidade, a Última Fronteira, o Papel do Digital”

Foi com este tema que a Associação Internacional das Comunicações de Expressão Portuguesa(AICEP), realizou o seu XXIX Fórum em São Tomé.

O evento que reuniu as empresas de Correios e das Telecomunicações dos países de expressão portuguesa foi aberto no dia mundial das telecomunicações e da sociedade da informação, 17 de Maio.
As empresas de telecomunicações, dos correios, televisões e jornais digitais do espaço lusófono debateram e trocaram experiências sobre a questão da sustentabilidade.

Mas, também sobre o papel que o digital pode desempenhar na conquista dos 5 primeiros objectos de desenvolvimento sustentável definidos pelas Nações Unidas. Nomeadamente a erradicação da pobreza, da fome, a agricultura sustentável, a saúde, a educação de qualidade e a igualdade de género.
A Companhia Santomense de Telecomunicações, CST, através do seu administrador delegado, Jorge Frazão, recordou que tais objectivos nem sempre estão presentes nas prioridades diárias das pessoas e instituições.

«Objectivos que muitas vezes não estão tão presentes no nosso dia a dia como deveriam, mas que este Fórum com certeza irá contribuir para realinhar o foco nestas temáticas, tão importantes para o desenvolvimento sustentável», declarou Jorge Frazão.

Por sua vez a Associação Internacional das Comunicações Lusófonas, destacou o papel muito importante que os sectores dos correios e encomendas, das telecomunicações e dos conteúdos(médias) desempenham na garantia da sustentabilidade. Desde o acesso à saúde, à educação, a monitorização de muitos e variados eventos, a prevenção dos fenómenos naturais, as novas formas de trabalho e o acesso a novas formas de negócio.

A transição energética é um dos desafios do desenvolvimento sustentável, que a era digital deve perseguir, defendeu o Presidente da AICEP, João Caboz Santana.

A sustentabilidade e o papel do digital garantem o caminho para atingir a meta traçada no âmbito do Acordo de Paris, para estancar o aquecimento do planeta terra.

«No futuro que já é hoje as energias renováveis vão ser mais baratas e os produtos sustentáveis vão ser a norma…», referiu o Presidente da AICEP.

Um jantar de gala, marcou o ponto alto do Fórum das comunicações lusófonas em São Tomé e da celebração do dia mundial das telecomunicações e da sociedade da informação.

Durante o jantar foram distribuídos prémios às empresas de telecomunicações que se destacaram em várias categorias. A empresa UNITEL T+ de Cabo Verde foi a vencedora do Prémio AICEP 2022 na categoria de INOVAÇÃO. O serviço CASA + TV implementado pela UNITEL em Cabo Verde, justificou o prémio.

O Prémio AICEP 2022 de Liderança foi para Mahomed Rafique Jusob Mahomed. Já o prémio Carreira foi atribuído a Ema Maria Santos Chicoco.

O XXIX Fórum da AICEP em São Tomé foi presidido pelo Ministro da Presidência do Conselho de Ministros e dos Assuntos Parlamentares Wandio Castro.

Abel Veiga

FAÇA O SEU COMENTARIO

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

To Top