Sociedade

PR e PM recebidos pelo povo do Príncipe em luto

O Primeiro Ministro Jorge Bom Jesus e o Presidente da República Evaristo Carvalho, chegaram esta manhã a ilha do Príncipe. No aeroporto de Santo António foram recebidos por uma manifestação silenciosa do povo da ilha do Príncipe. Uma manifestação de luto, que suplica por medidas do poder central, para por fim de uma vez por todas, as sucessivas mortes dos cidadãos nacionais durante a travessia marítima entre as duas ilhas.

Veja o vídeo disponível nas redes sociais :

https://web.facebook.com/MutambuNoticias/videos/2261974474041135/

Abel Veiga

    15 comentários

15 comentários

  1. carlos caires

    27 de Abril de 2019 as 16:14

    Os meus pesames as familias.Um forte abraço de solidariedade.
    Carlos Caires
    Madeira-Portugal

  2. Revoltado

    27 de Abril de 2019 as 20:40

    Sinto muito pelas perdas de vida. No entanto, penso que cabe ao sector judicial encontrar os culpados e responsabiliza-los. Não vejo como o Jorge Jesus cujo Orçamento acaba de ser promulgado pode ser culpado da situação. Fico feliz pelo facto da liberdade conquistada em Outubro findo ter facilitado essa manifestação. Se bem me lembro houve um silêncio ensurdecedor pela parte da população,ou do governo regional quando um barco desapareceu há pouco mais de um ano! Porque será?

    • Zagaia

      28 de Abril de 2019 as 7:59

      Boa pergunta,amigo. Mas, a resposta é simples,a política não deixa a economia desenvolver em STP. Na minha modesta opinião, essa terra devia anexar á um país (continente) de Africa ou Europa.

  3. Políticos Porcos

    27 de Abril de 2019 as 21:24

    Deixem de tretas mas é. Vocês agiram de má fé para com os nossos irmãos do príncipe. Não se admite que só a última hora com vergonha correram para ir para o príncipe porque viram que as coisas estavam a complicar e que a população estava revoltada com o vosso abuso. Ao invés de mandarem parar as danças e folclore aqui em s.tomé que andaram a dizer que é do mes de cultura continuaram neste pouca vergonha. Falta de sentido de estado. Onde se viu uma coisa desta. Deviam ser corridos a cassete lá do príncipe pela população. Isto não se faz.

    • Vanplega

      28 de Abril de 2019 as 5:18

      Há um ano, Pinta Cabra, nem apare eu no Príncipe

      Quanto tempo levou para pedir apoio?

      Você escreve, porque já pode e, fslat também.

      De onde o atual governo têm culpa do acontecimento?

      És mesmo um político porco

    • Kwatela

      28 de Abril de 2019 as 8:32

      Cheira a regionalismo barato.
      Por favor não transformemos a desgraça de um povo em arremesso político barato

  4. original

    27 de Abril de 2019 as 23:06

    Na minha opnião o Anfrititi foi um dos melhores barcos que operou nestas águas assegurando todos equipamentos de Mota-Engil nas obras de reabilitação do aeroporto e outras infraestruturas na Região tanto como retirada dos equipamentos.Creio que o navio se teve problemas não foi por culpa do Governo mas sim devido possivelmente falhas humanas.Dizer que Anfrititi teve acidente por ser mau barco é ser ingrato em relação ao que este barco fez para Príncipe.O que deve ser questionado são falhas humanas que originaram esta tragédia e que não tem nada haver com Governo.Pedir responsabilidades por estas falhas seria mais justo porque houve falhas e pelo aquilo que sei na minha vida profissional,difícilmente algo acontece sem apresentar algum sintoma e se alguém estiver atento,imediatamente toma medidas para combater o mal.Governo não faz gestão de barco e cabe os operadores responderem por aquilo que não informaram aos gestores do barco.Para terminar repito que Anfrititi foi o melhor barco que conheci a operar entre S.Tomé e Príncipe.

  5. Padrasto Filho dos Santos Neto

    28 de Abril de 2019 as 5:23

    Oh dito”Politicos Porcos” Você calado é um poeta. Sai da tua copota e mostre-se. São os politicos que mandaram carregar o barco Mal e porcamente? Pergunta ao Tó Zé se quando ele andava de braços dados com o Pinta Cabra, se alguma vez ele falou-lhe para se buscarem uma melhor embarcação para transporte de pessoas?

    Cale-se seu idiota.

  6. Francisco santos

    28 de Abril de 2019 as 7:56

    Andaram a criticar as aquisições de catamarans sendo que um dos mesmos foi destruido devido a falta de capacidade de gerir dai que deve o governo central encontrar soluções urgentes ao invés de criticaram o governo regional e a mandarem arroz ao camarada irmao da maria das neves

  7. CGomes

    28 de Abril de 2019 as 8:28

    Primeiramente, lamentar todo o ocorrido e as perdas de vidas humanas.

    Em segundo lugar, instaurar um inquerito na policia fiscal do porto e as autoridades portuarias que teem a incumbencia de averiguar o numero de passageiros, numero de carga e a colocacao dessas mesmas cargas nos navios, isto porque o navio levou excesso de passageiros e cargas em excesso e mal acondicionadas no Navio ou barco.

    Nao se admite que tenha levado dois ou tres contentores cheios de sacos de cimento que foram colocados num so lado do conves do barco,

    Nao se admite que os agentes portuarios deem ordens ao comandante e sua tripulacao para deixarem sempre entrar este ou aquele passageiro extraordinariamente junto com sua carga, que sempre é mais uma ou duas malas de 50 a 60 quilos,

    Estes agentes portuarios fazem chantagem e ameaçam o comandante ou comandantes dos barcos sempre, caso eles nao cedam aos seus caprichos,

    Nao se admite que o Jean Phillipe e o seu amigo e chefe Duval continuem a trazer esses barcos velhos, que compram em ponta negra e outras paragens, embarcacoes velhas, agastadissimad, que pese embora alguma reparaçao que se mande fazer em Cameroun ou Gabao, nao serem suficientes para a qualidade que se requer, mas isso é o de menos, porque no minimo a embarcaçao mereceu recente manutençao e podia operar,

    Mas os grandes culpados disso sao os agentes portuarios e a mao leve e falta de seriedade e firmeza dos sucessivos governantes de todo e qualquer partido politico que governa este Pais.

    Todos teem culpa de sangue neste dossie.

    Profundas condolencias as familias, enquanto num esquecer rapido, os corruptos dirigentes, independentemente dos partidos politicos de que provenham, continuarao no seu schow de ineficacia governativa num Pais tao pequeno, que firmeza e controle urge.

    • Jux

      29 de Abril de 2019 as 11:07

      O mal de stp é o povo e como tal dificilmente se consegue extinguir os flagelos que tanto assolam estas ilhas, primeiro pelo facto da população em si não no seu todo ser corrupta, digo isto porque eu enquanto vivi e estudei em s.tomé, o que presênciei me impossibilita a ter outra opnião, hora vejamos voçê na época de matrícula levanta cedo vai no cartório de modo a renovar teu bilhete estando na bicha ja algumas horas chega umas pessoas com passe livre ou seja conhece fulana então não pode parar na bicha, vais nas finanças comprar selo bicha outra vez direpente a pessoa que ta a tua tràs vé fulano(ôh rapaz xé vc trabalha ca? Epa damu um jeitinho),voçê vai no aeroporto todo mundo sabe que o avião só pd transportar x quantidade d carga mas mesmo assim o fulano/fulana que conhece alguem que trabalha la ta sempre a pedir bôdô para enviar umas mercadorias, falando agra de navio acontece o mesmo se a capacidade é de x vem fulana pede bôdô passa, vem outro passa, depois voçê que é funcionario se te pedem um jeitinho voçê nega ja é motivo para te chamarem nomes, portanto enquanto a mentalidade corrupta da população não mudar teremos sempre problemas de gênero nas ilhas.

  8. Consciência

    28 de Abril de 2019 as 11:31

    Eu tenho que dizer isto com toda a minha tristeza. O governo comportou muito mal nesta história. Quis desprezar um acontecimento trágico para a população do príncipe. Nem luto nacional queria decretar. Só fizeram porque o governo regional fez primeiro. Com vergonha correram foram fazer. Fico muito preocupado que o país esteja a caminhar para esta forma de fazer política que é destruição dos outros políticos não interessando com o povo. O que é que o povo do príncipe deveu para ser tratado desta forma pelo governo central é que eu não consigo ver.

  9. Eu sou a mensagem

    28 de Abril de 2019 as 12:33

    Ninguém deve culpar ninguém por este desastre. Agora, vir cá dizer que tem que se fazer inquéritos para apurar responsabilidades, isso vai dar em 0, nada. Alguém alguma vez responsabilizou pelas mortes anteriores? Esses discursos bonitos não passa de tretas e vergonha para todos nós. Medidas concretas para evitar mais mortes nas travessias; compra de novas embarcações com melhores condições de segurança, transportes aéreos com preços acessíveis para as pessoas, fiscalização geral e rigorosa a quando da partida tanto de S.Tomé como do Príncipe e outras medidas possíveis para evitar algo semelhante no futuro. O povo está farto disto. Os discursos são todos iguais e ninguém fala nada diferente, até parece uma combinação na preparação desses mesmos discursos. Estamos a espera do arregaçar as mangas que o shr primeiro ministro já falou. Vamos ao trabalho e não deixemos nada por fazer.
    Um bem haja a todos.
    Que Deus abençoe STP.

  10. Fernando Fernando

    28 de Abril de 2019 as 17:36

    Na realidade, deve-se parar de culpar os Governos anteriores. Cada um deve assumir as suas responsabilidades. Não se pode continuar a justificar a mediocridade deste Governo com o que os outros anteriores fizeram. Este barco foi acidentado neste governo e cabe a este governo assumir a sua responsabilidade. Estou cansado de escutar que este Governo assumiu agora a governação e que não tem culpa de nada. Então por que é que assumiram a governação quando sabiam das dificuldades e prometeram resolver tudo.
    Já têm orçamento e mesmo se não tivessem, o mesmo tem estado a governar, a viajar, tem aumentado salários para deputados etc. e não pode haver justificações para besteiras que têm estado a existir.
    Se querem comparar com o Governo passado, então comparem com coisas boas, tais como energia que foi a Santa Catarina, Foi à S.João dos Angolares, Porto Alegre, Diogo Vaz, Mendes da Silva Etc. Etc. Compara com estradas diversas que foram feitas, Liceu Mé Chion em Lobata, inicio do Liceu em Monte Café etc.
    Deixemos de acusar os outros e assumamos a nossa responsabilidade.
    O grupo criado por este Governo formado por um conjunto de preguiçosos cuja missão é passar 24 horas na internet a escreverem mentiras, Fack News e a receberem grandes somas provenientes de ENASA, EMAE e ENAPORT, passam a vida na bufaria e a atacarem todos que dão opinião contraria ao atual governo. Esta não é democracia.

  11. Vedé

    29 de Abril de 2019 as 14:15

    Como comentou alguém, o Anfrititi foi um dos melhores barcos q assegurou o transporte de passageiros e bens à Região Autónoma do Príncipe e vice-versa. A culpa do acidente acho que foi provocada pela superlotação. Deve-se responsabilizar os culpados porque muitos acidentes do tipo já tiveram lugar e ninguém nas águas do Príncipe e ninguém respondeu. Por isso é que os males continuam.
    Não se deve culpar governo, mas sim a equipa que deu saída ao barco, o comandante, o comercial e outros tripulantes que presumivelmente escondeu passageiros ilegais.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo