Cultura

Japão promove semana cultural em STP

A Embaixada do Japão em São Tomé e Príncipe escolheu o mês de Fevereiro para promoção do intercâmbio cultural entre os dois países. Segundo o programa, de 19 à 20 de Fevereiro o público são-tomense vai ser brindado com noites de filmes japoneses. Com entrada livre, o anfiteatro do Centro Cultural Brasil- São Tomé e Príncipe será o palco da exibição de filmes japoneses.

Já no dia 21 de Fevereiro, “Sistema de Educação no Japão e no Brasil”, será tema de uma conferência organizada pela embaixada do Japão em São Tomé e Príncipe. A conferência terá lugar no Centro Cultural Brasil-São Tomé e Príncipe a partir das 18 horas.

Para ministrar a conferência o Masato Ninomiya, Dr em Direito pela Universidade de Tóquio Japão. Masato Ninomiya é Docente da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo-Brasil, professor visitante das universidades em Coimbra, Tóquio e Hiroshima. É também Advogado militante e Tradutor Público Juramentado em português, japonês e inglês, em São Paulo.

O leitor deve consultar os dois cartazes da semana cultural japonesa em São Tomé e Príncipe :

1 – final Noites de Filmes Japoneses (1) (1)

2 – Final Conferência (1)

 

    2 comentários

2 comentários

  1. Olinda Beja

    14 de Fevereiro de 2018 as 11:18

    E o que será que levam em troca? Ninguém dá nada por amor…Oxalá eu me engane!

  2. Nuno Menezes

    14 de Fevereiro de 2018 as 13:51

    Em Portugal falamos assim Mau Mau Maria;

    Japão promove semana cultural em STP uma boa ideia uma boa iniciativa, mais no entanto com noites de filmes japoneses. Com entrada livre, o anfiteatro do Centro Cultural Brasil- São Tomé e Príncipe será o palco da exibição de filmes japoneses.
    Noites de Filmes vai ser no centro cultural Brasil, abandonei Sao Tome and Principe com 6 anos de idade e vi um cinema,tambem aconteceu eu ir a esse mesmo cinema o que se passa com essa infraestretura??
    Um grande cinema feito por Portugueses de Portugual mesmo na cidade no tempo de colonialismo aonde eu com 4,5,6 anos me recordo ir ver filmes la dentro e com 6 anos abandonei Sao Tome and Principe, Esse tipo de invento deveria ser dentro do cinema de Sao Tome and Principe aonde existe espaco grande tanto em cima tanto em baixo tanto dentro do cinema,e por ser free imagina 40 pessoas querem ver esse filme japones nao existe espaco para tanta gente.
    A psicologia o que vejo,o Povo de Sao Tome and Principe tem que mudar suas atitudes preferem mais tomar conta da vida das outras pessoas,mesmo a pessoa nao fazendo mal inventam historias para a vida de outras pessoas ir para traz levam pessoas a bruxo para a vida voltar para traz e boas infraestretura fica em ruinas o chao da cidade ficam por fazer e outras coisas mais graves que assim existe dentro de Sao Tome and Principe.
    Pessoas limitam falar dessa situacao mostrando outras imagens, necessario sim falar para mudar mentalidade das pessoas adormecidas.
    ‘E O unico cinema que assim Sao Tome and Principe assim tem, o que se passa com o mesmo????
    Tenho satellite em casa apanha varios canais??? na europa tambem temos e temos cinema e esta sempre cheio, se na europa aplicava a forma das pessoas de sao tome and principe essa maneira de ver as coisas tendo eu satellite em casa e nao quero saber de cinema,estariamos nao desenvolvidos.

    Essa infraestretura ‘e um negocio o cinema de Sao Tome and Principe aonde podemos deixar uma organizacao explorar ou algeum com CAPITAL e pagarem a renda O ALUGUER A GOVERNO DE SAO TOME nao ‘e necessario o governo dar filmes ou fazer o papel de fornecedor, mais sim arranjar alguem interessado a investir.

    Pegamos os nossos filhos vestimos vamos ao cinema… isso sim ‘e bonito.
    Enviamos TXT Moche via cst a amigos vamos a cinema hoje??? isso sim ‘e bonito
    Joana te espero no cinema hoje as 20 horas para vermos o Filme Sao Tome and Principe precisa de evoluir. isso sim ‘e bonito.

    Temos que fazer algo para o nosso Pais ter ideias lutar e a procura de bons resultados,amanha nao estamos a viver neste mundo,mais no entanto temos os nossos filhos que ficam e que depois vao ter filhos temos que fazer o melhor para o desenvolvimento de Sao Tome and Principe.

    Se a Mimi ‘e fingida o branco da europa conhece tODOS esses truques,temos que mudar temos que ler e perceber ideias dos outros,temos que estudar e perceber se a pessoa tem razao ou nao,e o que falta para ter o minimo dentro de Sao Tome and Principe que nao ‘e necessario ser como a Europa.

    O castigo nao ‘e fazer mal aos outros que deixa aqui escrito as suas ideias, o castigo se deve aplicar quando as pessoas insultam outros por escrito chamam nomes e etc… isso sim necessario dar castigo, Quando se quer bem se fala para a melhoria tanto num amigo ou uma organizacao.

    Nuno Menezes
    Lincoln,Reino Unido

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo