Política

Presidente disse ao mundo que as mudanças climáticas reduziram o tamanho de São Tomé e Príncipe

Na cimeira do clima que decorre na Escócia-Reino Unido da Grã Bretanha, o Presidente da República Carlos Vila Nova demonstrou para o mundo, que São Tomé e Príncipe, se confronta com graves ameaças provocadas pelas mudanças climáticas.

«O conjunto do arquipélago tinha uma dimensão de 1001 quilómetros quadrados. Mas, hoje não temos mais do que 960 quilómetros quadrados», declarou o Presidente da República.

Aquecimento do clima contribui para que cada vez mais o arquipélago fique mais pequeno. «Cerca de 4% da superfície terrestre foi engolido pela subida do nível do mar, por causa do aquecimento climático», reformou Carlos Vila Nova.

No púlpito da cimeira mundial sobre o clima, o Chefe de Estado santomense, disse à comunidade internacional que a ilha do Príncipe, é um exemplo de sucesso na preservação do ambiente. Uma reserva mundial da biosfera, que também está ameaçada.

«Venho de um país onde uma das ilhas, o Príncipe faz parte da reserva mundial da biosfera. Contudo esta reserva está ameaçada…», precisou.

Vila Nova reclamou por meios financeiros que foram prometidos pela comunidade internacional, para conter os impactos das mudanças climáticas, e a respectiva adaptação ao fenómeno.

Disse que São Tomé e Príncipe registou pouco progresso na adaptação às mudanças climáticas, por causa também, da falta de meios financeiros que garantissem a resiliência sobretudo nas comunidades mais vulneráveis.

«Temos uma estratégia de transição para as energias renováveis e a economia azul. Mas, de que servirá se não temos meios para a implementar?», interrogou.

Carlos Vila Nova, que discursou em língua francesa apelou a todas as nações do mundo, a adoptarem medidas mais ambiciosas a favor do clima.

Abel Veiga

5 Comments

5 Comments

  1. luisó

    2 de Novembro de 2021 at 23:28

    Ouvi o discurso e esteve bem.
    Só não acho correto que sendo STP um Estado da lusofonia fizesse o discurso em Françês.
    Será que ele tinha medo de não ser percebido em português?
    Alguém lhe devia ter explicado que na sala haveria concerteza dezenas senão centenas de tradutores para que todos os outros percebam. É o normal…..
    E depois venham com a cantiga da CPLP e dos PALOPS e da lusofonia, blá , blá …..
    Ficou muito mal neste filme.

  2. Sem+assunto

    3 de Novembro de 2021 at 3:38

    A última pergunta senhor Presidente, deves feze lo a si mesmo em primeiro lugar, e em segundo ao povo.
    Chega de líderes que por aqui são reis, e no exterior são mendigos.
    Os nossos projetos, as nossas ambições devem ser financiadas por nós e não por outros.
    Os 17 milhões de dollares que o teu chefe, queimou, para construir o banco central poderia servir de pontapé de saída para a materialização de empreitadas paralelas.

  3. Livre

    3 de Novembro de 2021 at 6:11

    Grande cinismo! O PR está tão preocupado com o ambiente que é venerado pelos bandidos que estão a destruir o bairro Santon, deixando enormes crateras devido a extração de areia. Porque será que gostam tanto um do outro? Porque o PR não foi visitar o Bairro e ver o crime que esses bandidos e alguns senhores da praça estão a cometer no a natureza lá? A proteção da natureza faz-se com acções, com atitudes, e não com esse discurso ôco.

  4. Pedro António Costa

    3 de Novembro de 2021 at 15:11

    Mas quem disse isto? Está provado? Ouvi falar esta asneira, se o é pela primeira vez através do Ministro Orlando Abreu. Com que base. Têm dados crediveis?

  5. Observador atento

    4 de Novembro de 2021 at 1:55

    Pergunto : sera que esta mesmo demonstrado cientificamente que reducao da superficie de STP eh devido ao aquecimento climatico? Este aumento do nivel do oceano tambem esta provado na costa west continental africana? Isso porque a reducao da superficie de STP pode estar relacionado com o que nos os geologos chamamos de subsidencia devido o aumento da densidade das rochas com o arrefecimrnto delas. Sabemos que a linha vulcanica dos Camaroes que apareceu como resultado de uma fracture intraplaca generou muitas ilhas vulcanicas como STP, Fernando Po, Ano Nom e ilha de Sta Helena. Foi demonstrado que depois da formacao das ilhas esta megafractura abortou se (mini dorsal abortada). Isto aconteceu a 150-200 milhoes de anos e seguiu uma fase de arrefecimento das ilhas vulcanicas. Por consequencia o arrefecimento induz o aumento da densidade das rochas e provoca a subsidencia atraves do tempo. Desta subsidencia existem na historia da terra ilhas que desapareceram. Nao estou a dizer aqui que STP vai deparecer da carta. Mas a subsidencia pode explicar a reducao da superficie de STP. A demonstrar…

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

To Top