Sociedade

Nutrição e Dietética – Nova Rubrica no Téla Nón com Esther García

Olá a todos, Meu nome é Esther García, especialista em Nutrição e Dietética, e gostaria de partilhar com você que inicio uma nova etapa no Tela Non escrevendo sobre uma das coisas que mais amo no mundo, a nutrição.

Queria usar este primeiro artigo no jornal, em primeiro lugar, para agradecer a Tela Non pela oportunidade de escrever em um site de referência para muitos leitores dentro e fora de São Tomé e Príncipe. Além disso, obrigado por ter disponível um meio público onde você pode partilhar conhecimentos. Porque é disso que se trata a vida, partilhar conhecimento e que todos aprendemos com o que os outros sabem para melhorar nossa qualidade de vida.

Meu objetivo, sem dúvida, com esses artigos é melhorar sua qualidade de vida. Talvez pouco, talvez muito, mas se a mensagem chegar a pelo menos uma pessoa, já será um sucesso. Sem dúvida, um dos assuntos mais importantes em nossas vidas é a nutrição, que é definida como a ação de nutrir. Comemos em média 4/5 vezes ao dia, nutrimos ou desnutrimos em muitos casos diariamente, várias vezes ao dia e, do meu ponto de vista, não damos a verdadeira relevância desse ato.

O que comemos nutre nossos ossos, nossos músculos, nosso cérebro, nossas emoções. Sim, porque a comida pode condicionar nossas emoções também dependendo de como é a nossa microbiota. A microbiota é um mundo de bactérias que reside em nosso sistema digestivo e determina que muitas pessoas estão cansadas, física e mentalmente, com sinais de depressão, ansiosas se sua dieta não é boa. Mas a alimentação também pode determinar, infecções na urina, que as mulheres não têm esse período ou que sofrem muito, um número infinito de problemas clínicos que não sabemos que sua origem está na dieta.

Por que não temos consciência da importância do que comemos quando a qualidade da saúde que temos em nosso presente e teremos ao longo de nossos anos de vida depende em grande parte disso?

Em grande parte da população, o que eles comem define as doenças que terão hoje ou que terão no futuro. Já sabemos de diferentes estudos e investigações que o consumo abusivo de certos alimentos (açúcar, carnes processadas, óleos refinados, etc..) determinará uma maior probabilidade de sofrer certas doenças, como diabetes, câncer, problemas cardíacos, problemas no sistema circulatório etc. E na população infantil, por exemplo, a má alimentação que eles carregam desde bebês, ingerindo alimentos completamente cheios de açúcar e à medida que crescem, é um problema mundial; e continuamos a oferecer sucos açucarados, biscoitos e outras séries de produtos ao longo de sua infância que prejudicam sua saúde a longo prazo.

Como Hipócrates já disse: “Deixe a comida ser a sua comida, e a sua comida o seu melhor remédio”, isto é, usamos todos os alimentos maravilhosos que temos em nosso país para ter uma saúde de ferro e que e não vamos esperar para envelhecer e resolvê-lo com pílulas. O mais importante é que vivemos muito, mas certamente vivemos bem.

Em artigos futuros, vou lhe contar quais são os segredos nutricionais por não sofrer certas doenças ou enfermidades que você provavelmente não sabia que tinham origem na nutrição. Tomar boas decisões também determinará o dinheiro que precisaremos gastar no futuro para nossa saúde; desde que uma sociedade cuida de seus alimentos, as despesas no nível sanitário diminuem consideravelmente; uma vez que problemas como diabetes, colesterol, obesidade, problemas dentários, etc … podem não existir em muitos casos, se realmente comemos para nos nutrir adequadamente e não encher a barriga sem sentido.

Gostaria que, através desses artigos, aprendamos juntos as diretrizes para uma dieta equilibrada, saudável e curativa.

Uma dieta que não precisa de dietas milagrosas ou alimentos light para obter seu peso ideal. Dito isto, começamos juntos um novo caminho aprendendo sobre a nutrição, espero que gostem e vamos a melhorar nossa qualidade de vida entre todos, com os maravilhosos alimentos que temos em nosso país.

Se você tiver alguma sugestão sobre algum tema relacionado sobre o qual gostaria que falássemos, convido  você a me enviar um e-mail para: healthybraves@gmail.com

Veja o artigo em espanhol e em português – art1 nutriçao tela non

Esther García

    2 comentários

2 comentários

  1. Nita

    18 de Novembro de 2019 as 20:01

    Força! Adorei a iniciativa. Pode contar que não irei perder um texto seu! Já é um sucesso…

  2. Eloisa Cabinda

    19 de Novembro de 2019 as 3:20

    Excelente iniciativa! Em STP são escassos artigos direccionados à saúde! Acredito que este trabalho ajudará e muito sobre a nutrição e não só. Certamente, a seguirei! Força, Deus contigo. Beijinhos.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo