Eleições presidenciais

Agenda da crise para hoje : Diálogo e Negociações no Palácio, e Manifestação na Rua

Desde as 10 horas da manhã de quinta feira, que o Presidente da República Evaristo Carvalho, e os demais titulares de órgãos de soberania estão reunidos no Palácio do Povo. Os 5 juízes conselheiros do Tribunal Constitucional também participam na reunião, que pretende encontrar uma saída para a crise pós eleitoral que se instalou no país.

Enquanto isso, o Téla Nón recebeu uma nota da comissão organizadora de uma manifestação dita espontânea que vai sair as ruas da cidade de São Tomé, já nesta tarde de quinta – feira. A concentração está marcada para as 15 horas de hoje na Praça da Independência. Respeito a vontade do Povo, Respeito a Constituição, Respeito às Leis, são os 3 principais slogans da manifestação, que segundo a organização pretende contribuir para o fim da crise, político-eleitoral e jurídica que se instalou no país, em consequência das eleições presidenciais de 18 de julho.

Abel Veiga

    7 comentários

7 comentários

  1. João josé da costa

    29 de Julho de 2021 as 14:28

    Manifestação não é espontânea. É sim orquestrada pelo ADI. Deixemos de subterfúgios.
    Nada nos impede de manifestar.
    Sejemos claros e objectivos.

  2. Maria Desejada

    29 de Julho de 2021 as 15:35

    Que dissolvam esta quadrilha de Tribunal Constitucional
    De constitucional não têm nada. São um bando de sanguessugas, que andam a defender bandidos e ladrões. Um tribunal cujo Presidente é dos mais bandidos que o país conhece. Um dos maiores caloteiros da nossa praça. O Garrido que teve notas negativas em todas as avaliações, como pode ser e estar num tribunal constitucional.
    Dissolvam esta coisa e dissolvam também esta Assembleia que é presidida pelo chefe dos bandidos.
    Marquem eleições legislativas antecipadas, para que a politica seja esclarecida em S.Tomé e Príncipe. Estamos cansados de sermos envergonhados por estas cambardas de políticos e juízes. O Povo santomense não merece isto

  3. Sao Tomé e Príncipe

    29 de Julho de 2021 as 16:59

    Grande Dr Jorge bom jesus, assim mesmo, permitindo que o povo faça manifestação, mostrando a comunidade internacional que são Tomé e Príncipe é um país livre e totalmente democrático. Ao contrário do pinta cabra. Por isso é que o roubama deveria ajudar Dr posser da costa, para ganhar as eleições presidenciais. Em vez disse está a prejudicar o mlstp.

  4. Andorinha

    29 de Julho de 2021 as 17:04

    Os políticos e juízes Santomenses devem entender que com a vinda da Internet ja não ha lugar a falcatruas e usurpação do poder porque o povo vão saber tudo em tempo real.
    Não é preciso ser jurista para entender que estes dois juízes bandidos e corruptos querem a mando do Delfim Neves assaltar e roubar o lugar de Presidente da República.
    Agora rua com estes juízes corruptos, os partidos desta nova maioria ja não tem chances de governar S.tomé e Príncipe o povo ja não os quer.

  5. Fuba cu bixo

    29 de Julho de 2021 as 18:44

    Patrice Trovoada sozinho no estrangeiro esta a vos da capote e sura avontade,vocês da nova maioria todos juntos não valem um Patrice Trovoada.
    Aqueles que andam la no estrangeiro a difamar e falar mal de Patrice Trovoada herói do povo é capaz bêbê veneno kkkkkk
    O tempo do MLSTP e esta nova maioria esta a chegar ao fim.
    O povo comeu no 12 e votou no 11 kkkkkkk.

  6. Octávio Mendes

    29 de Julho de 2021 as 20:43

    O que está a acontecer no tribunal constituicional ê devido a escolha de juízes políticos e não juízes com capacidade técnica e isento na avaliação e apreciação das coisas.
    Eu proponho a Assembleia Nacional a exoneração de todos os cincos e sua substituição urgente para o bem da Nação.
    Proponho já os nomes:
    1- AGOSTINHO FERNANDES- Presidente
    2- FILINTO COSTA ALEGRE,
    3- ANASTÁCIO OLIVEIRA,
    4- ROMÃO COUTO e
    5- ARAGÃO

    • Antonio Nilson

      30 de Julho de 2021 as 1:08

      Porque não nove (9) membros? Existem mulheres São-tomenses juristas com competência demonstrada para ocupar e exercer a função sobre o assunto da Lei e do Direito constitucional no TC de STP; simplesmente, mudar a lei, e acrescentar quatro senhoras no grupo. A lista de cinco homens que propõe parece-me ser razoável. Temos que valorizar as opiniões das mulheres também neste país. Elas é que são a base sólida na família e na sociedade. Todos nós, homens e mulheres saímos das barrigas delas. É apenas a minha sugestão— não faço crítica.
      Obrigado pelo o entendimento, a compreensão, e a tolerância!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo